SABER E SAÚDE

DICAS DE SAÚDE PARA VOCÊ

Vacina da dengue (dengvaxia): como levar e contra-indicações-Tua Saúde

A vacina da dengue, também conhecida como dengvaxia, é indicada para a prevenção da dengue para as crianças, sendo recomendada a partir dos 9 anos e adultos para 45 anos, vivendo em áreas endêmicas e já infectadas por pelo menos um dos sorotipos da dengue.

Essa vacina atua prevenindo a dengue causada por sorotipos 1, 2, 3 e 4 do vírus da dengue porque estimula as defesas naturais do corpo, levando à produção da dengue. anticorpos contra o vírus da dengue. Por isso, quando a pessoa entra em contato com o vírus da dengue, seu corpo reage rapidamente lutando contra a doença.

Como levar

A vacina da dengue é dada em 3 doses, a partir dos 9 anos, com um intervalo de 6 meses entre cada dose. Recomenda-se que a vacina só seja aplicada em pessoas que já tiveram dengue ou que vivem em áreas onde as epidemias de dengue são frequentes porque as pessoas que nunca foram expostas ao vírus da dengue, podem estar em maior risco de agravamento da doença, e há necessidade de internamento hospitalar.

Essa vacina deve ser preparada e administrada por um médico, enfermeiro ou médico especialista em cuidados médicos. 

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais da Dengvaxia podem incluir dor de cabeça, dor corporal, mal-estar geral, fraqueza, febre e reação alérgica no local da injeção como vermelhidão, coceira e inchaço e dor.

Pessoas que nunca tiveram a Dengue e que residem em locais onde a doença não é tão frequente, como a região sul do Brasil, quando vacinadas podem ter reações mais severas e têm de ser admitidas para tratamento. tratamento no hospital. Assim, foi recomendado que a vacina seja aplicada apenas em pessoas que já tiveram dengue antes ou que residem em locais onde a incidência da doença é elevada como uma região Norte, Nordeste e Sudeste.

Contraindicações

Este remédio é contraindicado para mulheres grávidas ou lactantes, crianças menores de 9 anos, adultos com mais de 45 anos, pacientes com febre ou sintomas de doença, deficiência imunológica congênita ou adquirida, como leucemia ou linfoma, pacientes com HIV ou que são recebendo terapias imunossupressoras e pacientes com alergia a alguns componentes da fórmula.

Além dessa vacina, há outras medidas importantes para prevenir a dengue, para ver como assistir ao vídeo a seguir:

Fonte: www.tuasaude.com/vacina-contra-dengue