• sex. maio 27th, 2022

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Vitex agnus-castus (agnocasto): o que é, para que serve e como tomar

Byadmin

ago 27, 2021
Vitex agnus castus (agnocasto): o que é, para que serve e como tomar
Spread the love

O Vitex agnus-castus é uma planta medicinal conhecida como agnocasto, rica em flavonóides, óleos essenciais, diterpenos e glicosídeos, que têm ação sobre os hormônios femininos LH e FSH, podendo ser usado para auxiliar o tratamento de irregularidades do ciclo menstrual, ausência de menstruação, síndrome pré-menstrual, dor nas mamas ou excesso de produção de prolactina.

Esta planta pode ser encontrada na forma de chá ou suplementos em cápsulas ou comprimidos fitoterápicos, com o nome comercial Tenag, vendido em farmácias, drogarias, ervanárias, farmácias de manipulação ou em lojas de produtos naturais e deve ser utilizado de acordo com orientação médica ou de um fitoterapeuta.

Para que serve

O Vitex agnus-castus promove a liberação do hormônio luteinizante (LH) e inibe o hormônio folículo-estimulante (FSH), o que leva ao aumento dos níveis de progesterona, que é um hormônio que tem um papel fundamental na regulação do ciclo menstrual. Além disso, o Vitex agnus-castus também afeta os níveis de prolactina, um hormônio que está envolvido na estimulação do desenvolvimento da mama e da produção de leite nas mulheres.

As principais indicações desta planta medicinal incluem:

  • Oligomenorreia, que se caracteriza por intervalos muito grandes entre menstruações;
  • Polimenorreia, em que o período entre menstruações é muito curto;
  • Amenorreia, que se caracteriza pela ausência de menstruação;
  • Síndrome pré-menstrual, que se caracteriza por alterações do humor, ansiedade ou dor ou sensibilidade nas mamas;
  • Excesso de produção de prolactina, que se caracteriza por redução da libido ou infertilidade.

Alguns estudos mostram que o Vitex agnus-castus, por ajudar a equilibrar os níveis hormonais, pode auxiliar no tratamento de infertilidade feminina, principalmente quando a mulher tem baixos níveis de progesterona no corpo, o que pode dificultar uma gravidez.

Embora tenha muitos benefícios, esta planta medicinal deve ser usada com orientação do ginecologista.

Vitex agnus castus (agnocasto): o que é, para que serve e como tomar

Como usar

A parte normalmente utilizada do Vitex agnus-castus é o seu fruto ou a semente de onde são extraídas suas substâncias ativas e pode ser consumido na forma de comprimidos ou cápsulas fitoterápicos ou de chá.

As principais formas de usar esta planta medicinal são:

  • Comprimidos fitoterápicos de 40 mg: 1 comprimido por dia, em jejum, antes do café da manhã;
  • Cápsulas de 300 mg: 1 cápsula por dia, em jejum, antes do café da manhã;
  • Chá de agnocasto: colocar 1 colher de chá de frutos de vitex em 300 mL de água e levar ao fogo por 3 a 4 minutos. Tampar e deixar descansar por 10 minutos. Coar e beber até 2 xícaras por dia.

A duração do tratamento com o Vitex agnus-castus depende da orientação e indicação médica.

Possíveis efeitos colaterais

O Vitex agnus-castus é seguro quando consumido nas quantidades recomendadas pelo médico e por um período máximo de 3 meses. Entretanto, durante o tratamento, quando se consome com muita frequência, em quantidade superior à recomendada ou por mais de 3 meses, podem ocorrer efeitos colaterais como dor de cabeça, reações alérgicas, eczema, urticária, acne, queda de cabelo, coceira, erupções cutâneas, náuseas, vômitos, diarreia, dor de estômago e boca seca.

Quem não deve usar

O Vitex agnus-castus não deve ser usado por menores de 18 anos, mulheres grávidas ou em amamentação, por mulheres em tratamento de reposição hormonal ou que tomem anticoncepcional oral ou hormônios sexuais e por pessoas alérgicas à essa planta.

Além disso, o comprimido de Vitex agnus castus tem lactose na sua composição e, por isso, deve ser administrado com cautela em pessoas com intolerância à lactose.

É importante usar o Vitex agnus-castus sob orientação de um médico, fitoterapeuta ou de um profissional de saúde com conhecimentos específicos em plantas medicinais.