O que pode ser urina com cheiro forte e o que fazer

O que pode ser urina com cheiro forte e o que fazer
Spread the love

A urina com cheiro forte na maioria das vezes é sinal de que se está bebendo pouca água ao longo do dia, sendo também possível notar nesses casos que a urina está mais escura, sendo apenas recomendado aumentar o consumo de líquidos durante o dia.

No entanto, quando o cheiro forte da urina é frequente ou é acompanhado por outros sinais e sintomas, como dor ou ardor para urinar, sede excessiva e inchaços, por exemplo, é importante consultar o médico para que seja possível identificar a possível causa dessa alteração.

1. Beber pouca água

Quando se bebe pouca água durante o dia, as substâncias que são eliminadas na urina ficam mais concentradas, o que resulta no cheiro forte da urina. Além disso, é comum também que nesses casos a urina fique mais escura.

O que fazer: nesse caso, é importante aumentar o consumo de água ao longo do dia, sendo recomendado ingerir pelo menos 2 litros de água por dia. Além disso, é interessante também consumir alguns alimentos ricos em água, como a melancia e o pepino, por exemplo, pois assim é possível manter o corpo hidratado e diminuir o cheiro forte da urina.

2. Infecção urinária

A infecção urinária é uma da principais causas de urina com cheiro forte e isso acontece devido à presença de grandes quantidades de microrganismos presentes no sistema urinário. Além do cheiro forte, é comum também que surjam outros sinais e sintomas como dor ou ardor ao urinar, urina escura e vontade frequente para urinar, por exemplo. Conheça outros sintomas de infecção urinária.

O que fazer: o tratamento deve ser recomendado pelo ginecologista ou urologista é geralmente feito com antibióticos como Amoxicilina, Ampicilina ou Cefalosporina, sendo também recomendado beber bastante água ou sucos de fruta, durante todo o tempo de recuperação. 

3. Insuficiência renal

Pouca quantidade de urina e com cheiro forte pode ser sinal de mau funcionamento dos rins, resultando na maior concentração de substâncias na urina. Além disso, no caso de insuficiência renal, outros sintomas que podem surgir são tremores nas mãos, cansaço, sonolência e inchaço no corpo, especialmente nos olhos, pernas e pés devido à retenção de líquidos. Confira 11 sinais que podem indicar que tem um problema nos rins.

O que fazer: o tratamento deve ser recomendado pelo nefrologista e pode ser feito através do uso de medicamentos para diminuir a pressão arterial e inchaço do corpo, como Lisinopril ou Furosemida, por exemplo.

Além disso, o tratamento deve ser complementado com uma dieta pobre em proteínas, sal e potássio, para evitar o sobrecarregamento dos rins, sendo também recomendado beber bastante água. Confira no vídeo a seguir mais detalhes da alimentação para quem tem problema nos rins:

Imagem representativa do vídeo

4. Diabetes não controlada

A diabetes não controlada é também uma causa frequente de urina com cheiro forte, o que pode acontecer devido ao excesso de açúcar circulante no organismo ou ser devido a alterações renais. Além disso, outros sintomas de diabetes descompensada são aumento da sede, vontade frequente para urinar, cansaço, feridas que cicatrizam lentamente ou formigamento nos pés e mãos.

O que fazer: o tratamento da diabetes envolve o uso de remédios que dependem do tipo de diabetes diagnosticado, sendo também necessário realizar ajustes alimentares que ajudam no controle da doença, além de prática de atividade física de forma regular.

5. Fenilcetonúria 

Urina com cheiro forte e a mofo pode ser sintoma de fenilcetonúria, uma doença rara e congênita que não tem cura, e que é caracterizada pelo acúmulo de fenilalanina organismo. Outros sintomas causados por esta doença incluem dificuldade no desenvolvimento, cheiro a mofo na pele, eczema na pele ou deficiência mental. Conheça mais sobre a fenilcetonúria.

O que fazer: o tratamento envolve a realização de uma dieta rigorosa baixa em fenilalanina, um aminoácido natural que pode ser encontrado na carne, ovos, oleaginosas, alimentos industrializados, leite e derivados. 

Author: admin