O que é Jejum Intermitente? Conheça os Benefícios

Spread the love

O que muitas pessoas não sabem é que o jejum intermitente não é nenhuma novidade e já era utilizado em medicinas como a chinesa e a ayurveda há mais de 5000 mil anos.

Além disso, um fato que torna a prática muito conhecida por ser associado aos bons resultados de emagrecimento. Isso se dá porque o jejum intermitente é capaz de fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura para gerar energia fazendo com que haja a perda de massa gorda.

Para entender mais sobre esse método e quais os formatos de adoção do mesmo, continue lendo esse post.

O que é o jejum intermitente?

O intuito do jejum intermitente é, por meio de uma pausa na alimentação, proporcionar para o organismo uma oportunidade de detoxificação, ou seja, um processo de limpeza e reciclagem das células.

O jejum se tornou ainda mais famoso por meio de estudos que dizem que o método pode trazer diversos benefícios para a saúde como redução de cardiopatias, controle da glicemia e insulina, maior longevidade, mais disposição e proteção a doenças relacionadas a declínio cognitivo.

Porém, é importante ressaltar que ainda não existem estudos suficientes para provar de forma certeira quão eficaz o método pode ser. E, por isso, é importante lembrar que tal método só deve ser adotado se indicado e acompanhado por um profissional da saúde (nutricionista ou nutróloga e outros).

Afinal, o mesmo estará capacitado para entender as necessidades do seu corpo em específico e formar um cardápio que faça mais sentido para você e sua rotina, garantindo que suas necessidades nutricionais sejam atendidas.

É imprescindível lembrar que o método de jejum é contraindicado para gestantes, crianças e pessoas que tenham hipoglicemia ou doenças crônicas.

Como funciona o jejum intermitente?

A maior parte dos profissionais indicam que o jejum seja feito dentro de um período de 14 a 18 horas, utilizando suas horas de sono entre esse período e excluindo ou o café da manhã ou o jantar da sua rotina.

Além disso, é recomendado que o mesmo seja feito de 1 a 3 vezes na semana, sendo permitida, durante o período de jejum, a ingestão de alguns líquidos como água, chás e café sem adicional de açúcar ou adoçantes.

Porém, essa não é uma regra, pois, se você se encaixar em algum dos perfis a seguir você pode incluir alguns outros elementos no seu período de jejum.

  • Para quem tem baixo foco e se sente com pouca energia: se esse é o seu caso, não se preocupe, você pode consumir uma colher de óleo de coco ou de algum TCM. Além disso, uma boa alternativa é preparar um shot funcional para consumir todas as manhãs com alguns ingredientes como curcuma, própolis e gengibre, os quais vão estimular  ainda mais a detoxificação do organismo.
  • Para quem tem pressão baixa: se esse é o seu caso você pode e deve incluir uma colher de sal rosa ou marinho em seu período de jejum. Dessa forma você consegue manter o mesmo sem se preocupar com possíveis incidentes ou com falta de energia e disposição.

Além disso, as dietas que contemplam o  jejum intermitente costumam seguir alguns pilares, tais como:

  • Só comer quando sentir fome
  • Dar preferência por alimentos como proteínas e gorduras boas
  • Evitar alimentos como carboidratos refinados

Para a quebra do jejum as recomendações são parecidas também. É extremamente importante que a primeira refeição feita após o período de jejum seja leve e nutritiva.

Para isso é indicado o consumo de proteínas, sendo essas vegetais ou animais e também de alimentos ricos em gorduras boas, como as castanhas, sementes e coco. Além disso, é importante evitar carboidratos refinados como massas, pães e açúcar.

prato de alimentação saudavel

Quais são os benefícios?

Como dito anteriormente, um dos fatores que torna o jejum intermitente muito famoso são os benefícios que esse pode trazer para a saúde.

Vamos listar a seguir alguns deles:

  • Perda de peso: como consequência do jejum o organismo acaba aprendendo a usar o estoque de gordura para gerar energia.
  • Previne contra as doenças cardiovasculares.
  • Aumenta imunidade: por ser colaborar para a detoxificação células, o mesmo colabora para o aumento da imunidade.
  • Regula hormônio da fome e saciedade.
  • Ajuda a baixar gordura e aumentar massa muscular.
  • Retarda o envelhecimento celular: isso também ocorre por causa do processo de detoxificação celular.
  • Protege contra o desenvolvimento de doenças degenerativas.

canecas com bebidas

Conclusão

Agora você já sabe o que é jejum intermitente, e diferente do que a maioria das pessoas imagina, podemos concluir que o mesmo pode sim ser muito benéfico para sua saúde e de quebra te ajudar a perder alguns quilinhos de forma saudável, claro, se esse for um desejo seu!

Vale ressaltar que esse método só deve ser adotado se indicado e acompanhado por um profissional da saúde (nutricionista ou nutróloga e outros). Não recomendamos começar a fazer, sem antes passar por um especialista na área!

Se você gostou de saber mais sobre ele, não deixe de nos contar aqui nos comentários.

10 lugares que esquecemos de limpar na hora da faxina