Neurosífilis: o que são, sintomas, tratamento e complicações

Neurossífilis: o que é, sintomas, tratamento e complicações
Spread the love

Neurosífilis é uma complicação da sífilis, e ela ocorre quando a bactéria Treponema pallidum invade o sistema nervoso, atingindo o cérebro, a meninga e a medula espinhal. Essa complicação geralmente ocorre após muitos anos de convivência com a bactéria sem o tratamento adequado, o que leva ao aparecimento de sinais e sintomas como falha de memória, depressão, paralisia ou convulsões.

Para o tratamento da neurosífilis o médico irá indicar medicamentos antibióticos, como o cristal de penicilina, diretamente em uma veia, por cerca de 10 14 dias. Após alguns meses de tratamento, será necessário fazer um monitoramento dos níveis de infecção através da punção lombar do fluido, para avaliar se houve tratamento.

A sífilis é uma doença infecciosa crônica adquirida principalmente por relações sexuais, podendo evoluir de diferentes formas em diferentes fases, incluindo a formação dos órgãos genitais, manchas de pele ou febre, por exemplo, com lesões graves como o coração ou problemas neurológicos que ocorrem em estágios mais avançados da doença. Saiba mais sobre as fases da sífilis em Todos para sífilis.

sintomas significativos

Os primeiros sinais e sintomas de neurosífilis são vistos com frequência de 5 20 anos após a infecção de Treponema pallidum, somente quando a pessoa infectada não recebeu o tratamento adequado durante este período. Alguns dos principais sinais e sintomas incluem:

  • Despedidos de visão e cegueira,
  • Falências de visão e demência,
  • Depressão,
  • depressão,
  • depressão,
  • depressão,
  • depressão,
  • Ness?
  • Sticks?
  • dificuldade de se concentrar?
  • Dificuldade de reunião?
  • Mudança geral?
  • dificuldade de concentrar?
  • Dificuldade geral da paralisação?
  • Mudanças de Personalidade Geral,
  • Mudanças de Personalidade,
  • Mudanças de Personalidade,
  • Personalidade Changes,
  • Mudanças de Personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • alterações de personalidade,
  • Pupilas não respondem à luz,
  • Mudança nos reflexos nervosos

Incorreta para várias condições neurológicas, como doença de Alzheimer, esclerose múltipla, meningite, tumor cerebral, Mal de Parkinson, acidente vascular cerebral (Acidente Vascular Cerebral) ou psiquiátrico doenças como esquizofrenia e depressão.

Saiba mais sobre as fases da doença no vídeo a seguir:

Image representativo do vídeo-

Como confirmar

O diagnóstico da neurosífilis é realizado analisando o fluido, ou o fluido cefalorraquidiano, que demonstra as alterações evocativas da doença, e é realizado através de punção lombar.

Os exames de imagem, como tomografia computacional, ressonância magnética e angiografia cerebral, são particularmente apropriados para a avaliação de alterações cerebrais e progressão da doença. Os exames de sangue, como FTA-ABS e VDRL, são os exames oftalmológicos para ajudar a detectar anticorpos relacionados à sífilis. Saiba como entender o resultado do VDRL.

Como tratar

A terapia com neurosífilis deve ser realizada no hospital, consistindo em injeções diárias em uma veia, antibióticos como penicilina G cristalina ou ceftriaxona, por cerca de 10 14 dias.

Após o tratamento para neurosífilis, o médico pode fazer exames de sangue a 3 e 6 meses, e uma vez por ano, durante 3 anos. Além disso, a cada 6 meses de pontuação pode ser feita a cada 6 meses para confirmar o tratamento da infecção.

Veja também como a terapia nas diversas fases da sífilis.

Neurossífilis: o que são, sintomas, tratamento e dados de complicações-src=

Possíveis complicações

Embora a maioria dos sintomas da neurosífilis seja reversível, quando o tratamento não é feito adequadamente, a doença pode causar sérias alterações no sistema nervoso central, resultando em:

  • Praia das áreas do corpo,
  • Perda de visão,
  • Ignorância, alterações de memória permanente ou comportamento
  • Surdez,
  • A impotência sexual,
  • Psicose e outras alterações psiquiátricas,
  • distúrbios de movimento
  • Incontinência urinária.
  • Dores contestando.

As complicações de neurosífilis dependem de como a doença evoluiu para cada indivíduo, desde o tempo de infecção e tempo de espera até o início do tratamento.

Neurosífilis prevenção

Neurosífilis é uma infecção que pode causar sérios efeitos de saúde e deve ser prevenida através de tratamento adequado. Assim, os pacientes com sífilis devem seguir as recomendações do médico, impedindo que a infecção atinente o sistema nervoso, especialmente em casos de pacientes com o sistema imunológico modificado.

Prevenir a sífilis é feito usando preservativos durante a relação sexual, e os cuidados para evitar a infecção através de sangue e secreções, não devem compartilhar os materiais que podem estar contaminados, como seringas e agulhas, exceto fazer um acompanhamento pré-natal adequado, em caso de gestos. Veja mais instruções sobre como transmitir e como prevenir a sífilis.

Author: admin