• dom. maio 22nd, 2022

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Garra do diabo (harpago): para que serve e como usar

Byadmin

ago 28, 2021
Garra do diabo (harpago): para que serve e como usar
Spread the love

A garra-do-diabo, também conhecida por harpago, é uma planta medicinal muito utilizada para tratar reumatismo, artroses e dores na região lombar da coluna vertebral, pois possui propriedades antirreumáticas, anti-inflamatórias e analgésicas.

O seu nome científico é Harpagophytum procumbens e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres, sendo importante utilizar sob orientação do médico ou fitoterapeuta.

Garra do diabo (harpago): para que serve e como usar

Para que serve

A garra do diabo possui propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antirreumáticas e, por isso, o seu uso pode ser interessante para ajudar no tratamento de algumas situações, como por exemplo:

  • Reumatismo;
  • Osteoartrite;
  • Artrite reumatoide;
  • Tendinite;
  • Bursite;
  • Epicondilite;
  • Dor na coluna e na região lombar;
  • Fibromialgia.

Além disso, alguns estudos sugerem que a garra do diabo também poderia ajudar no tratamento de alterações gastrointestinais, como dispepsia, além de poder também ter ação no caso de infecções urinárias, febre e nas dores pós-parto.

Apesar de possuir propriedades antirreumáticas e anti-inflamatórias e poder ser utilizada em diversas situações, o uso da garra do diabo não substitui o tratamento indicado pelo médico, sendo apenas um complemento.

Como usar

A garra do diabo é normalmente usada para fazer chás e emplastros, sendo principalmente utilizadas as raízes. Além disso, é possível também encontrar a garra do diabo em fórmula de cápsula, podendo a dosagem variar de acordo com a idade da pessoa e objetivo do uso.

Para preparar o chá de garra-do-diabo, basta colocar 1 colher (de chá) das raízes secas numa panela, juntamente com 1 xícara de água. Deixar ferver por 15 minutos em fogo baixo, esfriar, coar e beber 2 a 3 xícaras por dia.

Possíveis efeitos colaterais e contraindicações

O uso da garra de diabo deve ser recomendado pelo médico, sendo importante fazer uso das quantidades recomendadas por dia para evitar o surgimento de efeitos colaterais, como irritação da mucosa gastrointestinal, diarreia, náuseas, sintomas de má digestão, dor de cabeça e perda do paladar e do apetite.

Além disso, o uso dessa planta medicinal é contraindicado em caso de hipersensibilidade à planta, presença de úlceras estomacais ou duodenal, obstrução das vias biliares e gastrite, além de também não ser recomendado para crianças e mulheres grávidas e lactentes sem orientação médica.