• dom. maio 22nd, 2022

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Endometriose no ovário: o que é, sintomas e tratamento

Byadmin

ago 26, 2021
Endometriose no ovário: o que é, sintomas e tratamento
Spread the love

A endometriose no ovário, também chamada de endometrioma, é uma situação em que o tecido endometria, que deveria estar apenas dentro do útero, se desenvolve também no ovário, o que pode levar à dificuldade para engravidar e cólicas muito intensas durante o período menstrual.

O médico pode descobrir que a mulher tem endometriose no ovário através da ultrassonografia transvaginal ou pélvica, em que é observada a presença de cisto no ovário com mais de 2 cm e cheio de líquido escuro. 

O tratamento para endometriose no ovário indicado pelo ginecologista pode variar de acordo com a idade da mulher e extensão da endometriose, podendo ser indicado o uso de remédios para aliviar os sintomas ou realização de cirurgia para remoção do ovário.

Principais sintomas

A endometriose no ovário é considerada uma alteração benigna, no entanto tende a provocar sinais e sintomas muito desconfortáveis como:

  • Cólica muito forte durante a menstruação;
  • Sangue nas fezes, especialmente durante a menstruação;
  • Dor durante o contato íntimo.

Além disso, mulheres com endometriose também têm tendência para apresentar dificuldade para engravidar, mesmo após 6 meses à 1 ano de tentativas.

Se acha que pode estar com endometriose, selecione os seus sintomas para saber quais as chances:

  • 1. Dor intensa na região pélvica e que piora durante a menstruação Não Sim
  • 2. Menstruação abundante Não Sim
  • 3. Cãibras durante a relação sexual Não Sim
  • 4. Dor ao urinar ou defecar Não Sim
  • 5. Diarreia ou prisão de ventre Não Sim
  • 6. Fadiga e cansaço excessivo Não Sim
  • 7. Dificuldade para engravidar Não Sim
  • Imagem que indica que o site está carregando

    Como confirmar o diagnóstico

    O diagnóstico é feito pelo ginecologista com base no exame de toque vaginal e em exames de imagem, como o ultrassom transvaginal, em que deve ser realizado o esvaziamento do intestino anteriormente, ou através da ressonância magnética. Assim, por meio desses exames o médico poderá saber a extensão da endometriose ovariana e indicar o tratamento mais adequado.

    A endometriose no ovário pode atrapalhar a gravidez?

    Como há o comprometimento do ovário, a quantidade de óvulos produzidos torna-se mais reduzida, o que faz com que a fertilidade da mulher seja prejudicada. As chances de gravidez na mulher com endometriose no ovário diminuem a cada mês de acordo com a evolução da doença. Além disso, o médico pode indicar a cirurgia para remover este tecido, principalmente quando a doença já encontra-se mais avançada, mas a própria cirurgia pode interferir negativamente no ovário, prejudicando a fertilidade da mulher. 

    Assim, o médico pode recomendar que a mulher inicie as tentativas de engravidar o quanto antes, ou poderá indicar a técnica de congelamento de óvulos, para que no futuro a mulher possa decidir se quer fazer a inseminação artificial e ter filhos.

    Como é feito o tratamento

    O tratamento vai depender da idade da mulher, desejo reprodutivo, sintomas apresentados e extensão da doença. Nos casos em que o tecido tem menos de 3 cm o uso de medicamentos para reduzir os sintomas pode ser eficaz, mas nos casos mais graves, em que o cisto tem mais de 4 cm, é indicada a cirurgia por laparoscopia para fazer uma raspagem do tecido endometrial ou mesmo a remoção dos ovários.

    O endometrioma não desaparece sozinho, nem com o uso da pílula anticoncepcional, mas estas podem diminuir o risco de desenvolvimento de uma nova endometriose no ovário após a sua remoção através da cirurgia.

    Em alguns casos, o ginecologista também pode indicar o uso de alguns medicamentos para aliviar os sintomas e evitar a progressão do endometrioma, no entanto essa indicação é feita com mais frequência para mulheres que já encontram-se na menopausa.

    Assista o vídeo com a Dra. Helizabet Ribeiro, ginecologista especializada em endometriose que esclarece todas as dúvidas sobre a essa doença: