Dammam estreitamento: O que é, sintomas e tratamento

Hemocromatose: o que é, sintomas e tratamento
Spread the love

A doença de Throw é uma doença em que há excesso de ferro em seu corpo, favorecendo o acúmulo deste metal em vários órgãos e o aparecimento de complicações como cirrose, diabetes, artrite, dor no coração, artrite, e, por exemplo, a dor do aroma, que é transmitida a glóbulos vermelhos produzidos pelo organismo, e também pode ser referência em alguns deles. Nos casos que ajudam a se livrar deles.

Sintomas da doença hipercromada

Os níveis de ferro que circulam no sangue são altíssimos, o que faz com que sejam depositados em alguns órgãos como o fígado, coração, pâncreas, pele, articulações, testículos, ovários, a pressão da tireoide e hipersangue. Assim, os principais sinais e sintomas que podem surgir são

  • Vodiga;
  • Wealth;
  • Liver Sir;
  • Diabetes;
  • Heart Fracasso.
  • Além disso, em alguns casos, o excesso de ferro pode levar à deficiência sexual, infertilidade e hipotiroidismo. Outros sintomas de excesso de ferro.

    Como diagnosticar

    O acidente vascular cerebral é inicialmente diagnosticado através da avaliação dos sintomas e exames de sangue referidos por um médico ou clínico geral para avaliar os níveis de ferro encontrados no organismo, além da concentração da peritina e do cessionário associados com o armazenamento e transferência de ferro no organismo.

    Além disso, outros testes ajudam a investigar a causa. Recomenda-se que:

  • , que pode causar alterações no gene que causa a doença;
  • Pepsi do fígado
  • Teste de resposta a sangue
  • Teste de resposta ao fígado
  • O cientista do sangue também poderá procurar doses de enzimas hepáticas, e investigar a função ou depósito de ferro nos membros que podem ser afetados, bem como a exclusão de outras doenças que podem ser afetadas, bem como a exclusão de outras doenças que podem ser afetadas, assim como a exclusão de outras doenças que podem causar sintomas semelhantes.

    O tumor no sangue pode ser investigado quando houver doença Liver, doença cardíaca, disfunção sexual ou doença comum sem explicação, e também em pessoas com alterações nas taxas de ferro para exames de sangue.

    Causas da hipermetrosidade

    ocorrerem como resultado de modificações genéticas ou são resultado de doenças associado à destruição de glóbulos vermelhos, que promovem a liberação de ferro no sangue. Portanto, de acordo com este caso, ele pode ser categorizado em:

    • Hermologia da Saúde Genética, que é a principal causa da doença, que é causada por mutações no sistema digestivo, que são absorvidas em grande quantidade pelo aumento da quantidade de ferro que circula no corpo;
    • Hormatromatologia ou adquirida, em que ocorre a acumulação de ferro por causa de outros casos, principalmente hemoglobina, em que as células vermelhas do sangue são destruídas. Grandes quantidades de ferro na corrente sanguínea. Outros motivos são repetidos transfusão de sangue ou uso desnecessário de medicação para anemia, por exemplo.

    É importante identificar a causa da doença, já que pode ajudar a prevenir complicações do ferro excessivo.

    Como Manejo

    Não há cura para mutação genética em genética, no entanto, pode ser tratada como uma forma de reduzir o suprimento de sangue no sangue e evitar um depósito nos órgãos. Nesses casos, a principal forma de tratamento é a remoção de flimbos, também chamados de Sangaris, nos quais o excedente de ferro é desenhado através dos novos glóbulos vermelhos produzidos pelo organismo.

    Este tratamento tem um primeiro ciclo mais agressivo, mas é necessário tomar doses de manutenção, que são tiradas em aproximadamente 350 450 ml de sangue de 1 2 vezes por semana. Depois disso, as sessões podem ser espaçadas de acordo com os resultados dos exames de acompanhamento, referidos pelo cientista do sangue.

    Outra opção no tratamento é por meio do uso de drogas conhecidas como “fontes” para ferro ou “fontes”, como “desicrox”, uma vez que potencializam a diminuição dos níveis de ferro atuais. Este tratamento foi identificado para pessoas que não toleram, especialmente aquelas que sofrem de anemia aguda, insuficiência cardíaca ou cirrose hepática avançada.

    Veja Mais detalhes sobre o tratamento do excesso de ferro no sangue.

    Assim como a nutrição

    Além do tratamento indicado pelo médico, também é importante que você tenha interesse em nutrição, o que é aconselhador a evitar consumir alimentos ricos em ferro e ricos. Algumas orientações relacionadas à alimentação são:

    • Evite comer carne em grande quantidade, dando preferência a comer carne branca;
    • Prevenção de comer vegetais ricos em ferro, como espinafre, beterraba ou feijão verde, mais de uma vez por semana;
    • Comer queijo, leite ou iogurte diariamente, porque o cálcio reduz a absorção de ferro;
    • Evite comer frutas secas, em grande quantidade porque é rico em ferro.

    Além disso, a pessoa deve evitá-la. Bebidas alcoólicas a fim de evitar lesões no fígado e não consumir suplementos de vitamina C com ferro e vitamina C, uma vez que isso impulsiona a absorção de ferro.

  • Author: admin