7 causas de dor no fígado e como tratar
7 causas de dor no fígado e como tratar

7 causas de fígado e tratamento

Spread the love

Dor no fígado é uma dor na área superior direita do abdômen e pode ser um sinal de doenças como infecções, obesidade, colesterol ou câncer ou pode ocorrer devido à exposição a substâncias tóxicas, como álcool, detergentes ou até mesmo medicamentos.

O tratamento depende da doença que vem e dos sintomas associados, no entanto, ele também pode ser prevenido pela vacinação, dieta adequada, exercício físico ou evitar comportamentos perigosos como a distribuição da agulha ou a prática de contato sexual desprotegido.

1. Infecção

O fígado pode ser infectado com vírus, bactérias, fungos ou parasitas, causando inflamação e alterações em sua função. Os tipos mais comuns de infecção hepática são as hepatites A, B e C, as quais são transmitidas por vírus, que, além da indução de dor no fígado, podem causar sintomas como perda de apetite, náuseas e vômitos, fadiga, dor muscular e articulações, dor de cabeça, sensibilidade leve, fezes claras, urina escura, pele e olhos amarelados.

hepatite A pode ser transmitida através do contato com água ou alimentos contaminados, e as hepatites B e C são geralmente transmitidas através do contato com sangue ou secreções infectadas, podendo ser assintomáticas, mas ainda necessárias para tratar Para evitar a deterioração do fígado.

Como lidar com: O tratamento para hepatite consiste no uso de medicamentos como Interferon, lamivudina ou adefovir por aproximadamente 6 11 meses, dependendo do tipo de hepatite e da resposta ao tratamento, e também devem fazer uma alimentação fácil de digerir, com base em gelatina, peixe ou arroz, por exemplo. Veja alimentos mais intuitivos.

Hepatite cura mais vezes, mas quando o tratamento não é feito corretamente, ele aumenta o risco de desenvolver cirrose e câncer de fígado. Essa doença também pode ser prevenida com as vacinas contra hepatite A e B, usando camisinha durante as relações sexuais, impedindo a troca de seringas e adotando boas medidas de higiene. Saiba mais sobre a prevenção do vírus hepatite. 

2. Doenças autoimunes

7 causas de dor no fígado e como tratar

Em indivíduos com doenças autoimunes, o seu sistema imune ataca o próprio corpo e também pode afetar o fígado. São exemplos dessas doenças, hepatite autoimune, cirrose biliária primária e colangite de endurecimento primário.

A hepatite Autoimune é uma doença rara na qual o corpo ataca as células do próprio fígado causando inflamação e causando sintomas como dor abdominal, pele amarelada ou em queasoísmo. Já a cirrose biliar primária consiste na destruição progressiva das condutas de bile encontradas no fígado, e a esclerosing colangite causa sua estenose causando fadiga e coceira, ou até mesmo cirrose e insuficiência hepática.

Como curar: a hepatite Autoimune tem cura se for realizado um transplante de fígado, nos casos mais graves. No entanto, a doença pode ser controlada por uso corticosteroide, como prednisona, ou imunossupressores, como azatite. Além disso, deve ser feita uma alimentação balanceada, evitando a ingestão de álcool e alimentos com muita gordura. Veja quais alimentos adequados para hepatite autoimune.

Na cirrose biliar primária e endurecimento da colangagite, o ácido ureisacoxílico é o tratamento de escolha, e se os primeiros sintomas começarem a aparecer mal, pode reduzir a taxa de progressão da doença, impedindo a ocorrência de cirrose. Na fase final, o único tratamento que cura a doença é o transplante de fígado.

3. Doenças genéticas

7 causas de dor no fígado e como tratar

A dor na área do fígado também pode ser causada por doenças genéticas que levam ao acúmulo de substâncias tóxicas no fígado, como a hemocromatose herdada, que causa acúmulo excessivo de ferro no corpo, a oxalúria, que leva a um aumento do ácido oxálico no fígado ou doença de Wilson, no qual há acúmulo de cobre.

Método de tratamento: A Hemocromatose pode ser tratada evitando-se alimentos com grandes quantidades de ferro como carne vermelha, espinafre ou feijão verde, por exemplo. Veja mais Alimentos com adição de ferro.

No caso da oxalúria, o consumo de ácido oxálico em espinafre e nozes deve ser reduzido, por exemplo, e em casos mais graves, pode ser necessário recorrer à haemodiálise ou ao transplante de rim e rim. A doença de Wilson pode ser tratada reduzindo a ingestão de alimentos ricos em copper-ricos, como os maristos ou tomando substâncias associadas ao cobre, ajudando a eliminá-lo na urina, como é o caso da penicilamina ou do acetato de zinco, por exemplo. Veja mais para a doença de Wilson.

4. Álcool em excesso

7 causas de dor no fígado e como tratar

A hepatite alcoólica é causada pela ingestão excessiva de bebidas alcoólicas, o que causa dor abdominal grave, náuseas, vômitos e perda de apetite, por exemplo, e se deixado não tratado, pode causar danos graves no fígado. 

Método de tratamento: O tratamento consiste em inibir a ingestão de álcool e o uso de medicamentos como o ácido uretracico ou a fosfaticolina, que reduzem a inflamação do fígado e aliam os sintomas. Nos casos mais graves pode ser necessário um transplante de fígado.

5. Abuso de drogas

7 causas de dor no fígado e como tratar

As hepatites medicamentosas são causadas por exposição a substâncias tóxicas, uso excessivo de medicamentos ou mesmo devido a reações alérgicas a elas, o que pode causar danos às células do fígado. 

Tratamento: O tratamento consiste na inibição imediata da substância tóxica ou tóxica que é a causa do problema e, em casos mais graves, pode ser necessário o uso de corticosteróides até que o bom funcionamento do fígado possa ser necessário.

6. Câncer:

7 causas de dor no fígado e como tratar

O câncer de fígado pode afetar hepatócitos, dutos biliares e vasos sanguíneos e geralmente é muito agressivo, podendo causar dor abdominal, náuseas, perda de apetite e olhos amarelados, por exemplo. Veja mais sintomas de câncer do fígado.

Como tratar: Geralmente é necessário recorrer a uma cirurgia para remover a área afetada do fígado, e pode ser necessário ter quimioterapia ou radioterapia antes da realização, a fim de reduzir o câncer.

7. AcumuladoFat

7 causas de dor no fígado e como tratar

O acúmulo de gordura no fígado é comum em pessoas com obesidade, colesterol alto ou diabetes, podendo ser assintomático ou causar sintomas como dor do lado direito do abdômen, abdômen ampliado, náuseas e vômitos.

Como tratar: Siste na prática regular de atividades físicas e na alimentação adequada com base em carne branca e vegetais. Se houver uma alteração nos níveis de colesterol no sangue, o médico pode indicar o uso de medicamentos para controlar. Assista ao vídeo a seguir e veja dicas do nosso nutricionista, desde a dieta recomendada até o fígado gorduroso:

Imagem representativa do vídeo

Outros sintomas do problema do fígado

Inscrever-se para assistir os sintomas que você apresenta E você sabe se pode ter problemas de fígado ou outros doenças podem ser relacionadas:

  • 1. Você sente dor ou desconforto no lado superior direito do abdômen? Não Sim
  • 2. Você sente enjoos ou
  • Você costuma ter dores de cabeça? Sim

  • 4.
  • você sente como se estivesse se cansando muito mais fácil? Você tem manchas de pele roxas suficientes? Não Sim
  • 6. Seus olhos ou sua pele amarelam? Nº. Sim
  • 7. Sua urina é escura? Nº. Sim
  • 8. Há alguma sensação de falta de apetite? Nº. Sim
  • 9. Suas fezes são amareladas, cinzentas ou brancas? Não Sim
  • 10. Você sente como se desmaiou a barriga? Não Sim
  • 11 Não Sim
  • Imagem que indica que o site está carregando

    Spicy boredom para dor no fígado

    Um ótimo remédio caseiro para o alívio e tratamento de problemas hepáticos é o chá cardo-mariano, que tem na composição de silimarina, muito eficaz no amor biliar, hepatite, fígado gordo, doença tóxica do fígado ou mesmo cirrose do fígado.

    Ingredientes

    • 2 colheres de chá de cardo-mariano;
    • 1 glass Boiling water.

    Set up status

    Especifique um copo de água fervida sobre os frutos esmagados do cardo-marrano e deixe descansar por cerca de 10 minutos. A dose recomendada é de 3 4 chávenas por dia.

    Como evitar a dor hepática

    A dor na área do fígado pode ser evitada se os cuidados são tomados para os seguintes cuidados se os seguintes cuidados são tomados:

    • Beber o álcool por medida;
    • Prevent sexo perigoso, uso de medicamentos ou uso comum de seringas, por exemplo?
    • Tomando vacinas contra os vírus da hepatite A e B
    • Usando medicamentos moderados, evitando interações de drogas.
    • Usar máscara e pele proteção ao usar produtos tóxicos contidos em tintas e detergentes, por exemplo?

    Também, também é muito importante praticar exercícios físicos com regularidade e fazer um alimento balanceado, com alimentos que ajudam a desintoxicar o fígado, como limão ou alcachofra, por exemplo. Veja mais alimentos desintoxicando o fígado.

    Quando ele vai ao médico

    Deve-se ir ao médico quando a dor abdominal se torna intensa e persistente ou quando acompanhada de outros sintomas como pele e olhos amarelados, inchaço nas pernas, coceira generalizada na pele, presença de urina e sangue, perda de peso, fadiga, vômito, vômitos ou perda de apetite.

    Durante a consulta, o médico realizará exame físico a fim de entender onde dói e pode fazer várias perguntas sobre outros sintomas e hábitos alimentares, podendo candidatar-se a alguns ensaios, como ultrassom, ressonância magnética ou tomografia, exames de sangue ou biópsia do fígado. Veja onde eles são compostos por esses testes.