• sáb. nov 27th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Gripe suína (H1N1): o que é, sintomas, transmissão e tratamento

Byadmin

set 5, 2021
Gripe suína (H1N1): o que é, sintomas, transmissão e tratamento

A gripe suína, também conhecida como gripe H1N1, é uma doença respiratória causada pelo vírus Influenza A que foi identificado primeiramente em porcos, no entanto foi verificada a presença de uma variante em humanos. Esse vírus pode ser transmitido facilmente por meio de gotículas de saliva e de secreções respiratórias que ficam suspensas no ar após a pessoa infectada espirrar ou tossir.

Os sintomas da gripe suína costumam surgir 3 a 5 dias após o contato com o vírus e são semelhantes ao da gripe comum, havendo febre, mal estar geral e dor de cabeça. No entanto, em alguns casos, a infecção também pode resultar em complicações graves, como dificuldade para respirar, sendo necessário o internamento no hospital.

Principais sintomas

Os sintomas da gripe suína costumam surgir 3 a 5 dias após o contato com o vírus, havendo o desenvolvimento de sinais e sintomas como:

  • Febre;
  • Cansaço;
  • Dor no corpo;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de apetite;
  • Tosse persistente;
  • Falta de ar;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dor de garganta;
  • Diarreia.

Em alguns casos, a pessoa também pode desenvolver complicações respiratórias graves poucos dias após o início dos sintomas, o que pode resultar em falência respiratória. Nesse caso, pode ser necessário respirar com ajuda de aparelhos, além de existir um risco aumentado de infecções bacterianas secundárias, havendo maior risco de sepse, o que pode colocar a vida da pessoa em risco.

Como acontece a transmissão

A transmissão da gripe suína acontece através de gotículas de saliva e de secreção respiratória que ficam suspensas no ar quando a pessoa infectada, tosse, espirra ou fala. Além disso, esse vírus é capaz de permanecer até 8 horas em superfícies e, por isso, é possível que a doença também seja transmitida através do contato com superfícies contaminadas.

A gripe suína também pode ser transmitida através do contato direto com porcos infectados, no entanto a transmissão não acontece quando se consome carne desses porcos, isso porque o vírus é inativado e eliminado quando exposto a altas temperaturas.

Como é feito o tratamento

Caso haja sinais e sintomas suspeitos de gripe suína, é importante ir ao hospital para que possam ser feitos exames que permitam realizar o diagnóstico da doença, sendo então possível iniciar o tratamento mais adequado. O tratamento normalmente é feito com a pessoa em isolamento, para evitar a transmissão do vírus para outra pessoa, e envolve o repouso, ingestão de líquidos e o uso de alguns antivirais.

Nos casos mais graves, pode ser necessário também a ventilação mecânica para evitar a falência respiratória e, nesses casos, pode ser indicado também o uso de antibióticos para prevenir infecções bacterianas secundárias, o que pode complicar ainda mais o estado de saúde da pessoa.

É importante que sejam adotadas medidas que ajudem a prevenir a infecção e a transmissão de doenças, sendo recomendado evitar o compartilhamento de objetos de uso pessoal, evitar permanecer muito tempo em ambiente fechado ou com pouca circulação de ar em que existam várias pessoas, evitar o contato com pessoas com suspeita de gripe suína, cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar e realizar a higienização das mãos com regularidade.

Veja no vídeo a seguir como lavar as mãos corretamente para evitar doenças:

Imagem representativa do vídeo