• ter. out 19th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Buchinha-do-norte: para que serve e riscos para a saúde

Byadmin

set 5, 2021
Buchinha do norte: para que serve e riscos para a saúde

A buchinha-do-norte é uma planta medicinal, também conhecida como abobrinha-do-norte, cabacinha, buchinha ou purga, muito utilizada no tratamento de sinusites e rinites, já que possui ação expectorante e antisséptica. No entanto, também é capaz de promover a contração da musculatura do útero e morte do tecido da placenta, o que pode levar ao aborto.

O nome científico da buchinha-do-norte é Luffa operculata e pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, online e em farmácias de manipulação, no entanto é importante que seja usada apenas sob orientação do médico, isso porque é uma planta altamente tóxica e que pode trazer consequências para a saúde quando consumida em grandes quantidades ou de forma frequente.

Buchinha do norte: para que serve e riscos para a saúde

Para que serve a buchinha-do-norte

O principal uso da buchinha-do-norte é no tratamento da rinossinusite causada por bactérias, isso porque possui propriedade antisséptica e expectorante, ajudando a promover a eliminação da bactéria responsável pela infecção e favorecendo a liberação de muco. No entanto, apesar de ser popularmente utilizada para ajudar no tratamento de sinusite e rinite, são necessários mais estudos que comprovem o seu efeito em pessoas, já que a maioria dos estudos foi realizado com ratos.

Além das propriedades antisséptica e expectorante, tem sido relatado que a buchinha-do-norte tem também ação anti-herpética, adstringente, diurética, vermífuga e emética, de forma que essa planta também poderia ser utilizada para auxiliar no tratamento de feridas, infecção por parasitas, ascite e infecção pelo vírus da herpes, no entanto são necessários mais estudos para confirmar essas propriedades.

É importante que o uso da buchinha-do-norte seja recomendado pelo médico ou fitoterapeuta, isso porque é bastante tóxica, principalmente o fruto, podendo causar em dor abdominal, náuseas, vômitos e hemorragia, o que pode colocar a vida em risco.

Riscos da buchinha-do-norte

A buchinha-do-norte é uma planta medicinal altamente tóxica, principalmente o fruto, o que poderia representar risco para a saúde principalmente quando consumido de forma frequente ou em grandes concentrações.

O principal risco para a saúde do consumo regular de buchinha-do-norte é a hemorragia, que pode ter como consequência a diminuição da quantidade de líquidos no organismo e acúmulo de toxinas na circulação, resultando no choque, o que pode colocar a vida da pessoa em risco. Conheça mais sobre o choque.

Além disso, o uso da buchinha-do-norte na forma de spray nasal para tratamento de rinossinusite pode provocar sangramento nasal, alterações no olfato, irritação no nariz e, até mesmo, morte do tecido do nariz.

Quando consumida de forma regular durante a gestação, mesmo que na forma de chá, buchinha-do-norte pode aumentar o risco de aborto, já que é capaz de estimular contrações uterinas, além de ter efeito tóxico sobre o embrião, promover alterações no desenvolvimento fetal ou a morte do tecido placentário, por exemplo.

Como usar

O uso da buchinha-do-norte deve ser feito conforme orientação, não sendo recomendado consumir o fruto cru, uma vez que é tóxico. Assim, uma das formas de consumo é através da água de buchinha-do-norte, que pode ser utilizada para pingar no nariz em caso de sinusite ou lavar feridas, por exemplo.

Para fazer a água, basta descascar o fruto, retirar um pedaço pequeno e deixar dentro de 1 litro de água por cerca de 5 dias. Após esse tempo, retirar o fruto e utilizar conforme recomendado.

De acordo com estudos, 1 g da buchinha-do-norte resulta em efeitos tóxicos para um adulto de 70 kg, por isso é importante que o uso dessa planta seja feito apenas caso haja recomendação médica.