• ter. out 19th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

L-carnitina: para que serve e como tomar

Byadmin

set 4, 2021
L carnitina: para que serve e como tomar

A carnitina é um elemento sintetizado naturalmente no organismo pelo fígado e pelos rins a partir de aminoácidos essenciais, como a lisina e a metionina, que está presente em alguns alimentos, como carnes e peixes. A carnitina desempenha um papel fundamental no transporte das gorduras, desde os adipócitos até as mitocôndrias das células, que é o local em que a carnitina é transformada em energia quando o organismo necessita.

A L-carnitina é a forma biologicamente ativa da carnitina e é armazenada principalmente nos músculos, sendo muito utilizada em suplementos com o objetivo de potenciar a queima de gordura, gerar mais energia para os músculos e melhorar o desempenho físico, sendo muito consumido por atletas ou pessoas que desejam baixar de peso.

Para que serve

A carnitina é muito utilizada principalmente para perder peso, no entanto, os estudos que trazem essa relação são bastante controversos, já que existem estudos que indicam que a suplementação de L-carnitina aumenta a sua concentração no organismo, ativando a oxidação e, como consequência, ajuda a diminuir a gordura acumulado no organismo de pessoas obesas.

Por outro lado, também existem estudos que indicam que o consumo oral de carnitina não promove mudanças na concentração de carnitina em pessoas saudáveis não obesas e não causa perda de peso. Além disso, outros benefícios que poderiam ser obtidos com a suplementação de L-carnitina são:

  • Aumento das defesas do corpo, já que pode exercer ação antioxidante, eliminando os radicais livres;
  • Melhora do rendimento e desempenho durante a realização de atividade física intensa;
  • Melhora o fluxo sanguíneo em pessoas com claudicação intermitente, que é uma condição caracterizada por dor ou cãibra excessiva durante o exercício físico;
  • Melhora da qualidade do esperma em homens que são inférteis;
  • Diminui a fadiga em pessoas idosas com baixa resistência muscular e em pessoas com encefalopatia hepática;
  • Estimula as capacidades cognitivas, como memória, aprendizagem e atenção.

É importante mencionar que são necessários mais estudos científicos que permitam comprovar esses benefícios, já que os resultados não são conclusivos.

Tipos de carnitina

Existem diversos tipos de carnitina, os quais são utilizados com diferentes propósitos, sendo eles:

  • Acetil-L-Carnitina (ALCAR), que é utilizada para melhorar a capacidade respiratória;
  • L-Carnitina L-Tartarato (LCLT), que é utilizada para melhorar o rendimento físico;
  • Propionil L-Carnitina (GPLC), que pode ser utilizada para aliviar a claudicação intermitente e os problemas de fluxo sanguíneo;
  • L-Carnitina, que é utilizada para perda de peso.

É importante que a carnitina seja indicada pelo médico de acordo com o objetivo da pessoa.

Como tomar

A L-carnitina pode ser comprado em cápsulas, pó ou líquido. A dose diária recomendada varia de acordo com o objetivo de seu uso, podendo ser:

  • L-carnitina: 500 a 2000 mg por dia;
  • Acetil-L Carnitina (ALCAR): 630-2500 mg;
  • L-Carnitina L-Tartarato (LCLT): 1000-4000 mg;
  • Propionil L-Carnitina (GPLC): 1000-4000 mg.

No caso da L-carnitina, o tratamento é realizado com 2 cápsulas, 1 ampola ou 1 colher de sopa de L-carnitina, 1 hora antes de realizar a atividade física e sempre de acordo com a orientação do nutricionista.

Para melhorar a qualidade do esperma em pessoas inférteis, alguns estudos indicam que o consumo de 2g de L-carnitina durante 2 meses poderia ajudar a melhorar a qualidade.

Contraindicações e possíveis efeito colaterais

L-Carnitina está contraindicado para pessoas com IMC muito baixo, com pouca taxa de gordura ou problemas cardíacos.

Alguns dos efeitos colaterais que podem ser provocados pela L-carnitina são náuseas, vômitos, diarréia, dor abdominal e dores musculares.