• ter. out 19th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Piroxicam: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Byadmin

set 3, 2021
Piroxicam: para que serve, como usar e efeitos colaterais

Piroxicam é o princípio ativo de um remédio analgésico, anti-inflamatório e anti-pirético indicado no tratamento de doenças como artrite reumatoide e artrose, por exemplo. Comercialmente Piroxicam é vendido como Pirox, Feldene ou Floxicam.

Este medicamento pode ser encontrado em forma de cápsulas, supositórios, comprimidos solúveis, solução para administração intramuscular ou gel para uso tópico.

Para que serve

O piroxicam está indicado no tratamento de situações inflamatórias como gota aguda, dor pós-operatória, lesão pós-traumática, artrite reumatoide, cólica menstrual, artrose, artrite, espondilite anquilosante.

Após seu uso, a dor e a febre devem diminuir em cerca de 1 hora, tendo duração de 2 a 3 horas.

Como usar

Esse medicamento só deve ser usado conforme indicação médica, que pode estar de acordo com:

  • Uso oral: 1 comprimidos de 20 a 40 mg em dose única diária ou 1 comprimido de 10 mg, 2 vezes ao dia.
  • Uso retal: 20 mg por dia antes de deitar.
  • Uso tópico: Aplicar 1 g do produto sobre a área afetada, de 3 a 4 vezes por dia. Espalhar bem até que os resíduos do produto tenham desaparecido.

O piroxicam pode ainda ser utilizado como injetável que deve ser administrado por um enfermeiro e geralmente são utilizados 20 a 40 mg/2 ml por dia, no quadrante superior da nádega.

Possíveis efeitos colaterais 

Os efeitos colaterais do piroxicam são mais frequentemente sintomas gastrintestinais como estomatite, anorexia, náuseas, prisão de ventre, desconforto abdominal, flatulência, diarreia, dor abdominal, indigestão, sangramento gastrintestinal, perfuração e úlcera.

Outros sintomas relatados com menos frequência podem ser edema, dores de cabeça, tonturas, sonolência, insônia, depressão, nervosismo, alucinações, alterações de humor, pesadelo, confusão mental, parestesia e vertigem, anafilaxia, broncoespasmo, urticária, angioedema, vasculite e “doença do soro”, onicólise e alopecia.

Contraindicações 

O piroxicam está contra indicado para pessoas que apresentem úlcera péptica ativa, ou que tenham demonstrado hipersensibilidade ao medicamento. Piroxicam não deve ser usado em caso de dor da cirurgia para revascularização do miocárdio.

Além disso, o piroxicam não deve ser usado juntamente com o ácido acetil-salicílico e outros anti-inflamatórios não esteroidais, ou mesmo pacientes que desenvolveram asma, pólipo nasal, angioedema ou urticária após o uso de ácido acetil-salicílico ou outros anti-inflamatórios não esteroidais, insuficiência renal ou hepática.

Este medicamento não deve ser usado por crianças com menos de 12 anos e esse, assim como outros Anti-inflamatórios Não Esteroides, pode provocar infertilidade temporária em algumas mulheres.