• sáb. dez 4th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Saxenda: o que é, para que serve e como usar

Byadmin

set 1, 2021
Saxenda: o que é, para que serve e como usar

O Saxenda é um remédio injetável utilizado para o emagrecimento de pessoas que sofrem com obesidade ou sobrepeso, pois ajuda a diminuir o apetite e a controlar o peso corporal, podendo causar a redução de até 10% do peso total, quando associado a uma dieta saudável e prática de exercício físico regular.

Esse remédio contém liraglutida na sua composição que age nas regiões do cérebro que regulam o apetite, fazendo com que se sinta menos fome e, por isso, o emagrecimento acontece pela redução do número de calorias consumidas ao longo do dia.

O Saxenda pode ser encontrado em farmácias ou drogarias, na forma de caneta para aplicação sob a pele, contendo 3 mL de solução injetável de liraglutida, vendido com receita médica. Esse remédio deve ser usado nas doses e pelo tempo de tratamento recomendados pelo médico. 

Para que serve

O Saxenda é indicado para emagrecimento e controle do peso em adultos associado a uma dieta com quantidade baixa em calorias e atividade física, para o tratamento de:

  • Obesidade com IMC superior a 30 kg/m2 ou
  • Sobrepeso com IMC superior a 27 kg/m2 com doenças associadas, como hipertensão arterial, diabetes tipo 2, dislipidemia ou colesterol alto.

A classificação do índice de massa corporal (IMC) ajuda a calcular e indicar qual deve ser o peso ideal, podendo auxiliar no planejamento da dieta e da perda de peso. Saiba qual o seu IMC, utilizando a nossa calculadora online:

Imagem que indica que o site está carregando

Como usar

O Saxenda deve ser utilizado conforme a orientação do médico, sendo que a dose recomendada é de uma aplicação por dia por via subcutânea, ou seja, debaixo da pele do abdômen, coxa ou braço, a qualquer hora, independente dos horários das refeições.

A dose inicial recomendada é de 0,6 mg, que pode ser aumentada gradualmente da seguinte forma:

Semana do tratamento

Dose por dia em mg

1

0,6 mg 

2

1,2 mg

3

1,8 mg

4

2,4 mg

5 e seguintes

3 mg

Não deve ser ultrapassada a dose máxima de 3 mg por dia. É importante lembrar que se deve seguir o plano de tratamento indicado pelo médico, sendo que as doses e a duração do tratamento devem ser respeitados.

No caso de esquecer de aplicar uma dose no horário correto, deve-se aplicar assim que lembrar. No entanto, se tiver passado mais de 12 horas de esquecimento, deve-se pular a dose esquecida, e aplicar a próxima dose no horário normal. Não dobrar doses para compensar a dose esquecida. 

Durante o tratamento com Saxenda seguir um plano alimentar com uma dieta equilibrada, de preferência, associada a exercícios físicos regulares recomendados pelo médico. Confira dicas de emagrecimento saudável e como fazer um programa alimentar.

Como aplicar a injeção

Para aplicar corretamente o Saxenda na pele, devem-se seguir os passos:

  • Retirar a tampa da caneta;
  • Colocar uma agulha nova na ponta da caneta, enroscando até apertar;
  • Tirar a proteção exterior e interior da agulha, jogando fora a proteção interior;
  • Rodar o topo da caneta para selecionar a dose indicada pelo médico;
  • Inserir a agulha na pele, fazendo um ângulo de 90º;
  • Pressionar o botão da caneta até o marcador de doses apresentar o número 0;
  • Contar lentamente até 6 com o botão pressionado e, só depois, retirar a agulha da pele;
  • Colocar a tampa exterior da agulha e remover a agulha, jogando-a no lixo;
  • Colocar a tampa da caneta.
  • Se houver dúvidas sobre a forma de utilizar a caneta, é importante consultar um profissional de saúde para receber as instruções mais corretas.

    Possíveis efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Saxenda incluem náusea, vômito, diarreia, prisão de ventre, dor de cabeça, tontura, cansaço ou perda do apetite.

    Embora seja mais raro, pode também ocorrer indigestão, gastrite, desconforto gástrico, dor na região superior do estômago, azia, sensação de empachamento, aumento de arrotos e gases intestinais, boca seca, fraqueza ou cansaço, alterações no paladar, cálculos biliares, reações no local da injeção.

    Além disso, o Saxenda pode causar hipoglicemia, que é uma diminuição da quantidade do açúcar no sangue, que pode ser percebido através dos sintomas como aumento da fome, produção excessiva de suor, irritabilidade, tontura, coração acelerado, sensação de ansiedade ou tremores. É importante comunicar ao médico quando a pessoa apresentar esses sintomas, para que seja feita uma avaliação da dose do Saxenda.

    O Saxenda também pode causar reações alérgicas graves que necessitam de atendimento médico imediato. Por isso, deve-se interromper o tratamento e procurar o pronto socorro mais próximo ao apresentar sintomas como dificuldade para respirar ou engolir, palpitação cardíaca, tontura, sensação de garganta fechada, inchaço na boca, língua ou rosto, ou coceira intensa. Saiba identificar os sintomas de reação alérgica grave.

    Quem não deve usar

    O Saxenda não deve ser usado por crianças e adolescentes com menos de 18 anos, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que têm alergia à liraglutida ou qualquer outro componente presente no medicamento.

    Além disso, o Saxenda não deve ser utilizado por pessoas que têm ou já tiveram tumor na tireoide, ou que utilizam outros remédios agonistas do receptor de GLP-1, como o Victoza, por exemplo.