• dom. set 19th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Catarro amarelo: 5 principais causas e o que fazer

Byadmin

set 1, 2021
Catarro amarelo: 5 principais causas e o que fazer

O catarro amarelo normalmente aparece quando existe uma infecção no sistema respiratório provocada por bactérias, como uma sinusite ou pneumonia, por exemplo.

Isso acontece porque, quando existem bactérias se desenvolvendo na garganta ou nos pulmões, o muco transparente, que normalmente se encontra no sistema respiratório, passa a ser mais espesso, para grudar nos microrganismos e eliminá-los do corpo através da tosse.

Quando surge catarro amarelo, especialmente acompanhado de outros sintomas, como febre, dor de garganta ou falta de ar, é importante consultar um médico para que possa identificar a causa dos sintomas e iniciar o tratamento adequado.

Algumas das causas mais comuns do catarro amarelo são:

1. Faringite

Outra das causas de catarro amarelo é a faringite bacteriana, que é caracterizada pela inflamação da faringe. Devido à presença de bactérias, além do catarro, podem surgir outros sintomas como dor de garganta intensa, dificuldade para engolir, febre e dor de cabeça. Conheça os principais sintomas da faringite e como tratar. 

O que fazer: em caso de suspeita de faringite, é importante consultar o clínico geral para que os sintomas sejam avaliados e possa ser indicado o tratamento mais indicado que, normalmente, é feito com antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos, que reduzem a inflamação da faringe, aliviam as dores e diminuem a febre.

2. Sinusite

A presença de catarro amarelo pode estar associada a uma sinusite bacteriana, que acontece devido à inflamação dos seios nasais causada por bactérias.

Nestes casos, além do catarro, é normal que apareçam outros sintomas como coriza frequente, febre, dor de cabeça e dificuldade para respirar devido ao nariz entupido. Saiba quais os sintomas da sinusite bacteriana e o tratamento.

O que fazer: o tratamento da sinusite bacteriana deve ser indicado pelo otorrinolaringologista após ser feita uma avaliação dos sintomas, mas normalmente é indicado o uso de antibióticos. Além disso, pode ser recomendado fazer inalação do vapor de água para ajudar a desentupir o nariz, permitindo respirar melhor.

Assista o vídeo sobre outros remédios caseiros para a sinusite:

Imagem representativa do vídeo

3. Bronquite

O catarro amarelo pode surgir em caso de uma bronquite provocada por bactérias, uma vez que os brônquios ficam inflamados e produzem um catarro mais espesso para eliminar as bactérias através da tosse.

Quando existe uma bronquite, além do catarro amarelo, é normal que surjam outros sintomas como tosse, falta de ar, febre e cansaço. Entenda tudo sobre a bronquite, sintomas, causas e tratamento.

O que fazer: quando o catarro está associado aos outros sinais de bronquite, é importante consultar um pneumologista para avaliar os sintomas e indicar qual o tratamento mais indicado, que normalmente é feito com remédios broncodilatadores, anti-inflamatórios, corticoides e expectorantes. Além disso, é importante beber muitos líquidos para ajudar o muco a sair mais facilmente.

4. Pneumonia

A pneumonia bacteriana, normalmente não é contagiosa e, pode ser uma das causas do catarro amarelo uma vez que é caracterizada pela presença de bactérias nos pulmões.

Além do catarro amarelo, a pneumonia pode provocar também outros sintomas como febre, dor no peito, dificuldade para respirar e tosse que permite eliminar as bactérias dos pulmões.

O que fazer: o tratamento da pneumonia é feito com antibióticos e deve ser indicado pelo pneumologista uma vez que devem ser avaliados todos os sintomas. Confira o tratamento para a pneumonia bacteriana.

5. Bronquiectasia pulmonar

O catarro amarelo também pode estar associado à bronquiectasia pulmonar, que é uma doença em que os brônquios se encontram mais dilatados, devido à obstrução das vias respiratórias ou devido à presença de bactérias, o que provoca a produção de um muco mais espesso.

Um dos principais sintomas da bronquiectasia é o catarro, no entanto, é frequente surgirem outros sintomas como tosse com sangue, falta de ar, mal-estar geral e dor no peito.

O que fazer: embora a bronquiectasia pulmonar não tenha cura, é possível fazer um tratamento, indicado pelo pneumologista, que ajuda a diminuir os sintomas, aliviando o desconforto. O tratamento pode ser feito com antibiótico e broncodilatadores, que facilitem a respiração. Veja o que é a bronquiectasia pulmonar e como é feito o tratamento.