• dom. out 17th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

Cúrcuma (açafrão-da-terra): 10 incríveis benefícios e como usar

Byadmin

ago 27, 2021
Cúrcuma (açafrão da terra): 10 incríveis benefícios e como usar

A cúrcuma, açafrão-da-índia, açafrão-da-terra ou tumérico é uma espécie de raiz com propriedades medicinais. Normalmente é usada em forma de pó para temperar carnes ou legumes especialmente na Índia e países do oriente.

Além de ser ter uma grande potencial antioxidante, a cúrcuma também pode ser usada como remédio natural para melhorar problemas gastrointestinais, febre, tratar resfriados e, até, reduzir o colesterol alto.

A cúrcuma é uma planta com folhas longas e brilhantes com cerca de 60 cm com compridas raízes de coloração laranja. O seu nome científico é Cúrcuma longa e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e até em alguns mercados pelo preço médio de 10 reais.

Cúrcuma (açafrão da terra): 10 incríveis benefícios e como usar

Para que serve e benefícios 

As principais propriedades da cúrcuma são a sua ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva e, por isso, esta planta tem vários benefícios para o corpo, como:

  • Melhorar a digestão;
  • Ajudar na perda de peso;
  • Combater resfriados e gripes;
  • Evitar crises de asma;
  • Desintoxicar e tratar problemas de fígado;
  • Regular a flora intestinal;
  • Regular colesterol;
  • Estimular o sistema imune;
  • Aliviar inflamações da pele, como eczema, acne ou psoríase;
  • Melhorar a resposta anti-inflatória natural.
  • Além disso, a cúrcuma pode ser utilizada como tônico cerebral, ajuda a inibir a formação de coágulos no sangue e até contribui para aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual.

    O princípio ativo responsável pelo potencial medicinal da cúrcuma é a curcumina, que inclusive vem sendo estudada para ser usada em forma de gel ou pomada para tratar feridas na pele, como queimaduras, porque tem apresentado ótimos resultados nos estudos científicos.

    Confira estas dicas no vídeo seguinte:

    Imagem representativa do vídeo

    Como usar 

    A parte mais utilizada da cúrcuma é o pó da sua raiz, para temperar comidas, mas também pode ser consumida na forma de cápsulas. Além disso, as suas folhas podem ainda ser utilizadas na preparação de alguns chás.

    • Infusão de cúrcuma: Colocar 1 colher de café de pó de cúrcuma em 150 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Depois de amornar, beber até 3 xícaras por dia no intervalo das refeições;
    • Cápsulas de cúrcuma: geralmente a dosagem recomendada é de 2 cápsulas de 250 mg a cada 12 horas, totalizando 1 g por dia, no entanto, a dosagem pode variar de acordo com o problema a tratar;
    • Gel de cúrcuma: Misturar uma colher de sopa de babosa com o pó de cúrcuma e aplicar sobre as inflamações da pele, como psoríase.

    Além disso, para melhorar a absorção de antioxidantes da raiz, a cúrcuma pode ser consumida junto com óleos, como azeite, óleo de coco ou de abacate, por exemplo.

    Veja como usar a cúrcuma em remédio caseiro para artrite reumatoide ou remédio caseiro para triglicerídeos altos.

    Possíveis efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais da cúrcuma estão relacionados com sua utilização excessiva, podendo causar irritação no estômago e enjoo.

    Quem não deve usar

    Apesar de ter vários benefícios para saúde a cúrcuma está contraindicada em pacientes que estejam tomando remédios anticoagulantes e com obstrução das vias biliares devido à pedra na vesícula. A cúrcuma na gravidez ou lactação só deve ser utilizada sob orientação médica.