• dom. out 17th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

11 testes populares para saber o sexo do bebê em casa

Byadmin

ago 27, 2021
11 testes populares para saber o sexo do bebê em casa

Existem algumas técnicas e testes populares que prometem descobrir qual o sexo do bebê, sem que seja necessário recorrer a exames médicos, como a ecografia, ou esperar até às 20 semanas de gestação.

Alguns desses testes incluem a avaliação do formato da barriga da grávida, a observação de sintomas específicos ou o aspeto da pele e dos cabelos.

No entanto, todos estes testes são fundamentados apenas em crenças populares, que nem sempre dão um resultado correto e que, por isso, não estão confirmados pela ciência. A melhor forma de saber exatamente qual o sexo do bebê é fazer a ultrassonografia no segundo trimestre, que está incluída no plano das consultas de pré-natal, ou o exame de sangue para sexagem fetal. Saiba como e quando é possível saber o sexo do bebê.

11 testes populares para saber o sexo do bebê em casa

Na tabela a seguir, indicamos 11 testes populares que podem ser feitos em casa por diversão e que, segundo a crença popular, podem realmente indicar o sexo do bebê:

CaracterísticasEstá grávida de um meninoEstá grávida de uma menina1. Formato da barriga

Barriga mais pontuda, parecida com um melão

Barriga bem redonda, parecida com uma melancia

2. Alimentação

Mais vontade de comer salgados

Mais vontade de comer doces

3. Linha Alba

Se a linha alba (a linha escura que surge na barriga) chegar até o estômago

Se a linha alba (a linha escura que surge na barriga) chegar apenas até o umbigo

4. Enjoos

Poucos enjoos matinais

Enjoos matinais frequentes

5. PelePele mais bonitaPele mais oleosa e com tendência à espinhas6. Formato do rosto

Rosto parecer mais magro do que antes de engravidar

Rosto parecer mais gordinho durante a gravidez

7. Outra criançaSe uma outra menina simpatizar com vocêSe outro menino simpatizar com você8. Hábitos alimentaresComer o pão inteiroEvitar comer as pontas do pão9. SonhosSonhar que terá uma meninaSonhar que terá um menino10. CabeloMais macio e brilhosoMais seco e opaco11. NarizNão fica inchadoFica inchado

Teste extra: agulha no fio

Este teste consiste em utilizar uma agulha com linha sobre a barriga da grávida e observar o movimento da agulha para descobrir se é menino ou menina.

Para realizar o teste, a grávida deve deitar-se de barriga para cima e segurar na linha, deixando a agulha pendurada sobre a barriga, como se fosse um pêndulo, sem fazer nenhum movimento. Depois deve observar qual o movimento da agulha sobre a barriga da grávida e interpretar de acordo com os resultados abaixo.

Para saber o sexo do bebê deve-se avaliar o movimento da agulha. Assim o sexo do bebê é:

  • Menina: quando a agulha fica girando em forma de círculos;
  • Menino: quando a agulha fica parada sob a barriga ou faz o movimento de vai e vem.

Mas atenção, assim como os testes indicados na tabela, o teste da agulha também não tem comprovação científica e, por isso, a melhor maneira de saber o sexo do bebê é mesmo fazendo o ultrassom após as 20 semanas de gestação o o exame de sangue para sexagem fetal.

Como confirmar realmente o sexo do bebê

A partir das 16 semanas de gestação já é possível saber se é um menino ou uma menina através da ultrassonografia obstétrica. No entanto, também existem outros exames que podem ser utilizado antes das 16 semanas de gestação, como: 

  • Teste de farmácia: e conhecidos como Intelligender e é semelhante ao teste de gravidez, pois utiliza a urina da gestante para avaliar a presença de determinados hormônios e identificar o sexo do bebê. Este teste pode ser feito a partir da 10ª semana de gestação, mas não é confiável se a mulher estiver grávida de gêmeos. Veja como fazer este teste.
  • Exame de sangue: também chamado de exame de sexagem fetal, pode ser realizado a partir da 8ª semana de gestação e não precisa de prescrição médica. No entanto, esse teste não é oferecido pelo SUS.

Além de todas estas formas, existe ainda a tabela chinesa para saber o sexo do bebê, que, novamente, é um teste popular, desenvolvido por crenças populares e que não tem confirmação científica.