• sáb. set 25th, 2021

Com Saber e Saúde

Dicas de Saude – dietas – regimes – alimentaçao

5 remédios para diarreia infantil

Byadmin

ago 24, 2021
5 remédios para diarreia infantil

A diarreia em bebês e crianças é geralmente causada por uma infecção que cura espontaneamente, sem que seja necessário tratamento, mas a melhor opção é sempre levar a criança ao pediatra, para que ele faça uma avaliação detalhada e dê orientações para evitar complicações, como uma desidratação, por exemplo.

Caso a criança tenha febre, a diarreia se prolongue por vários dias, as fezes sejam muito líquidas ou as dejeções sejam frequentes, por exemplo, o médico pode receitar remédios que aceleram a recuperação, como probióticos, previnam a desidratação, como as soluções de hidratação oral, ou combatam a febre, como os antipiréticos.

Alguns dos medicamentos que podem ser indicados pelo médico para tratar a diarreia são:

1. Soluções de reidratação oral

A terapia de reidratação oral (TRO), consiste na administração de soluções apropriadas, com o objetivo de corrigir e evitar a desidratação causada pela diarreia. Alguns exemplos de soluções que podem ser indicadas para reidratação oral são o Floralyte, Hidrafix, Rehidrat ou Pedialyte. Saiba mais sobre os sais e soluções de reidratação oral.

Como usar: As soluções de reidratação oral devem ser dadas para a criança, aos poucos, ao longo de todo o dia, principalmente após cada dejeção diarreica ou vômito.

2. Probióticos

Os probióticos contribuem para a normalização da composição da microflora intestinal, inativam as toxinas bacterianas, inibem a ligação das toxinas com os receptores intestinais, estimulam o sistema imune e inibem a resposta inflamatória induzida pelas toxinas, criando condições desfavoráveis à multiplicação dos agentes patogênicos, levando a uma menor duração da diarreia.

Os probióticos mais usados para o tratamento da diarreia são a Saccharomyces boulardii (Floratil, Repoflor) e os Lactobacillus (Colikids, Provance, ZincoPro). Veja como usar o Colikids.

Como usar: A posologia depende do probiótico receitado e deve ser realizada conforme indicado pelo médico.

3. Zinco

O zinco é um mineral que está relacionado com a manutenção da barreira epitelial do intestino, reparação dos tecidos e função imune. Durante episódios de diarreia aguda, pode haver deficiência de zinco e, por isso, em alguns casos, o médico pode recomendar a suplementação com este mineral.

Exemplos de remédios de uso pediátrico são o Biozinc kids, com zinco na composição, e o Zincopro sachês que além do zinco tem também probióticos na composição.

Como usar: A posologia depende do suplemento de zinco que for indicado pelo médico.

Possíveis efeitos colaterais: Geralmente os suplementos de zinco são bem tolerados e não são conhecidos efeitos adversos com a sua utilização.

4. Racecadotrila

A racecadotrila é um remédio que exerce o seu efeito antidiarreico através da inibição da encefalinase intestinal, reduzindo a secreção de água e electrólitos no intestino, sendo eficaz na redução da diarreia.

Um exemplo de um medicamento com racecadotrila na composição, para uso pediátrico é o Tiorfan em sachês.

Como usar: A Posologia recomendada é de 1,5 mg/kg de peso corporal, três vezes ao dia.

Possíveis efeitos colaterais: Embora seja muito raro, podem ocorrer reações adversas, como náuseas, vômitos, prisão de ventre, vertigem e dor de cabeça.

5. Antipiréticos

Em alguns casos, especialmente se a diarreia for resultante de uma infecção, a criança pode também ter febre, que pode ser aliviada com um antipirético, como o paracetamol (Tylenol) ou a Dipirona (Novalgina), por via oral. Durante os episódios de diarreia, deve-se evitar ao máximo o uso destes medicamentos em supositório.

Como usar: A dose a administrar depende do peso da criança.

Possíveis efeitos colaterais: Embora seja raro, podem ocorrer reações alérgicas na pele.

A terapia com antibióticos não é geralmente indicada na diarreia em crianças, com exceção da diarreia infantil com presença de sangue, suspeita de cólera com desidratação severa, infecções não intestinais graves, em crianças com menos 3 meses de idade, em imunodeficiência primária ou secundária, terapia imunossupressora ou se existir sepse como complicação.

Assista o vídeo seguinte e saiba qual a alimentação mais adequada para situações de diarreia:

Imagem representativa do vídeo

Veja também como preparar remédios caseiros para a diarreia.